Competências emocionais e analíticas serão valorizadas para profissionais do futuro, aponta pesquisa

Capacidades comportamentais exclusivas dos seres humanos, aquelas que não podem ser substituídas por máquinas, serão essenciais para que profissionais se adequem ao mercado de trabalho no futuro. É o que mostrou a pesquisa Profissional do Futuro 2021, realizada pela CI&T, multinacional brasileira especialista digital para grandes marcas globais, com o apoio da Opinion Box.

Com o objetivo de projetar tendências após a ruptura causada pela pandemia da Covid-19, o levantamento, que ouviu 1241 profissionais entre líderes e também não líderes, concluiu que aspectos como inteligência emocional, capacidade analítica e criatividade serão cada vez mais valorizados pelo mercado de trabalho.

O estudo mostrou que, para 44,2% dos entrevistados, a capacidade mais buscada no perfil do profissional do futuro é flexibilidade cognitiva para entender o contexto que está inserido e a busca de novas maneiras para resolver problemas. Em seguida, as capacidades mais desejadas são coordenação (25%) e conhecimento profundo (21,2%).

Capacidades conhecidas como soft skills também tornaram-se mais relevantes diante do distanciamento. Segundo a pesquisa, entre elas destacam-se o respeito (35,9%), a proatividade (34,8%), a comunicação (31,7%) e a resiliência/capacidade de adaptação (28,5%).

A importância da educação não-formal, com iniciativas organizadas de aprendizagem que acontecem fora dos sistemas de ensino tradicionais, também foi pontuada como importante para 80% dos entrevistados. Entre essas opções foram mencionadas palestras (56%), eventos (45%) e cursos informais (42%) como alternativas educacionais.

Por outro lado, quando questionados sobre os tipos de formação acadêmica que acreditam ser necessárias para um profissional no futuro, 50,1% dos entrevistados disseram que a pós-graduação é a mais importante, seguida de graduação (46,6%) e de mestrado (32,9%).

Com isso, o estudo da CI&T concluiu que 9 entre cada 10 ouvidos consideram importante ou muito importante o profissional possuir competências técnicas adquiridas pela experiência e formação profissional.

Acesse a pesquisa Profissional do Futuro 2021 completa.

Fonte: Revista Cipa

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *